A nossa história

Sim! Nós fizemos história na indústria do conforto!

Nascemos em 1965, pelas mãos de José Morais, e estivemos entre os pioneiros na produção de espumas e tecidos não tecidos em Portugal. Hoje, contamos mais de 50 anos a construir parcerias inovadoras para desenvolver tecnologia que dá resposta aos crescentes desafios dos nossos clientes.

O nosso objetivo?

Ser uma referência internacional de inovação em soluções de conforto.
Estamos quase, quase lá!

Longe ou perto, chegamos até si!
Neste momento vendemos em 8 países, e temos parceiros e fornecedores em todo mundo!
eurospuma-map

Portugal

Espanha

França

Itália

Alemanha

Reino Unido

Marrocos

Emirados Árabes Unidos

Este passado foi a escola do nosso futuro.

Conheça as nossas conquistas

Preocupamo-nos com a comunidade!

Somos uma empresa familiar que criou e uniu outras famílias! Ao longo da nossa história empregamos famílias inteiras da nossa comunidade local, e continuamos a procurar recrutar sempre a nível local.

Sempre que possível, doamos colchões, almofadas, mantas, edredões, apoios médicos e outros materiais a instituições locais, sem parceria fixa, com o objetivo de uniformizar a ajuda.

Algumas das instituições e associações que já contaram com o nosso apoio:

  • Paróquia de Espinho
  • Associação Espinho Solidário, que apoia crianças com doenças raras
  • Escola Básica de Guetim
  • Câmara Municipal de Espinho
  • Santa Casa da Misericórdia de Espinho
  • Zona de Concentração de apoio à população de Espinho, em tempos de COVID-19
  • Escola Profissional de Serzedo
  • Cerci Espinho
Claro que sim!

Testamos as nossas espumas exaustivamente, para que possa tirar o maior partido delas!
Saiba o que fazemos para garantir a qualidade dos nossos produtos.

Qualidade, sim ou claro?

Cuidamos do nosso planeta!

Com as alterações climáticas não se brinca. Por isso, estamos comprometidos com a diminuição do nosso impacto ambiental. Estas são algumas das ações que já tomámos:
  • Em 2008, lançámos uma marca de espuma ecológica (Ecofoam®).
  • Em 2017 participámos no projeto UrbanRec, para implementar um sistema de gestão de resíduos volumosos eco-inovador e integral a nível europeu.
  • Internamente, adotamos a rotina de paperless, reduzimos o plástico nos nossos consumíveis, como copos e chávenas de café, e renovamos de forma contínua as nossas práticas de separação de resíduos internos.
  • Em 2022, sonhamos com um portefólio 100% ecológico. Em vez de dedicar uma linha ao ambiente, eliminamos a Ecofoam e comprometemo-nos a reformular o portefólio inteiro de espumas para que um dia todos os produtos tenham matérias-primas de base biológica ou reciclada. #vistaoverdeEurospuma e junte-se a nós nesta missão ambiental.

Nas espumas

Queremos fazer parte da solução e não do problema.

Para isso, aliamo-nos a fornecedores de matérias-primas na procura por soluções de base biológica ou reciclada que nos permitam manter as propriedades mecânicas das espumas, e que sejam flexíveis (para que nos mantenhamos sustentáveis não só hoje, como amanhã, no próximo ano, na próxima década…)

Nas fibras

As nossas fibras em cluster e tecidos não tecidos volumosos são produzidos com matérias recicladas entre 65 e 100%.
O sonho? Que todos estes produtos tenham 100% de fibra reciclada.
Temos também tecidos não tecidos com a tecnologia Ingeo™, que resulta da transformação do dióxido de carbono em ácido poliláctico, depois transformado em fibra e, finalmente, em mantas de tecido não tecido. Estas fibras apresentam assim uma menor pegada de carbono.

A Eurospuma produz também espumas e tecidos não tecidos de acordo com os requisitos da norma OEKO-TEX® que garante a utilização de produtos isentos de substâncias nocivas para a saúde humana.

Além disso, também temos Certificado Ponto Verde que comprova, junto das autoridades competentes, que a Eurospuma cumpre a legislação em vigor no que respeita à gestão de resíduos de embalagens não-reutilizáveis dos produtos que coloca no mercado nacional.

Diretiva Seveso: No âmbito da prevenção de acidentes graves que envolvem substâncias perigosas e de modo a dar cumprimento ao Dec. Lei 150/2015, a partir de 5 de agosto, a Eurospuma disponibiliza a informação a comunicar ao público sobre esta matéria aqui.